Kazuhito Yamashita

Nascido em Nagasaki, Japão, Kazuhito Yamashita começou os seus estudos de guitarra aos oito anos, com o seu pai, Toru Yamashita. Aos 16 anos obteve o primeiro prémio mais jovem na história da Radio France em Paris, tendo ganho concursos também em Espanha e Itália.

As suas mais de 75 gravações, bem como os arranjos originais de obras como o Pássaro de Fogo e a Sinfonia do Novo Mundo, fizeram de Kazuhito Yamashita uma lenda nos círculos da guitarra. Tem-se dedicado também ao repertório original para guitarra, nomeadamente gravando as Obras Completas de Fernando Sor (16 CD’s) e os 24 Caprichos de Goya de Castelnuovo-Tedesco.

Yamashita tem-se apresentado como solista nas mais prestigiadas salas, nomeadamente a Musikverein Grosser Saal (Viena) e o Lincoln Centre de Nova Iorque, bem como com diversas orquestras na Europa, América do Norte e Ásia, nomeadamente com a London Philarmonic Orchestra. Actuou também ao lado de artistas de renome como James Galway. Entre as suas actuações mais destacadas encontra-se o programa Bach em Treviso (Itália) e “A noite dos quatro concertos para guitarra e orquestra” em Santo Tirso (1997).

Fervoroso entusiasta da música contemporânea para guitarra, realizou a estreia mundial de mais de 60 composições, especialmente da compositora japonesa Keiko Fujiie e de outros compositores Asiáticos.

Colocando em destaque especial a música japonesa, toca desde 2004, em diversas formações com os seus 4 filhos, tendo-se apresentado em festivais na Europa, Ásia e EUA. Quase 20 anos depois, regressa a Santo Tirso para nos presentear, mais uma vez, com o seu talento.