Os Gnomon apresentam o seu mais recente álbum “O Homem que voava Baixinho”. Através da pluralidade de conhecimentos e influências musicais próprias de cada artista, este trabalho invoca uma forte aproximação à transculturalidade. Na fronteira simbiótica com a imagem, esta nova abordagem musical encontra uma forma de se consolidar. Com temas como Slan Luz invocando a tranquilidade e a serenidade, até aos ritmos latinos, Gnomon propõe um “locus-arte” que, pela mão da música, complementada pela imagem, se compromete na aproximação consciente entre culturas, sublinhando o genuíno e o específico de cada uma das “culturalidades”.

 

Tiago Machado Guitarra
Carlos Ribeiro Guitarra