Trevor Gordon Hall

Considerado um dos 30 melhores guitarristas do mundo com menos de 30 anos pela revista Acoustic Guitar, Trevor Gordon Hall é um instrumentista de Filadélfia, cujas composições variam em estilo, desde ritmos intensos a frases melódicas suaves.

Trevor obteve a consideração de alguns dos nomes mais respeitáveis e lendários do mundo da produção artística e da música como Graham Nash, Steve Hackett, Billy Cobham, Dar Williams, Will Ackerman, Don Ross, Andy McKee, Phil Keaggy e outros. Entre o espetáculo ao vivo, os álbuns e o seu instrumento personalizado, conquistou uma base de fãs internacional que o permitiu visitar toda a América do Norte e a Europa. Também teve destaque em várias estações de rádio americanas, incluindo NPR e redes de televisão nacionais e internacionais, incluindo a NBC, a PBS e a televisão nacional alemã.

No início da carreira foi acarinhado por Joe Nicolo (produtor de premiados Grammy como James Taylor, Billy Joel, Bob Dylan, etc.), o qual produziu dois dos seus lançamentos – Finding My Way e Let Your Heart Be Light, em 2008 e 2009.

Em 2010 com recurso aos seus inspirados conhecimentos e sempre em busca de novos sons, Trevor Hall colaborou com vários construtores para projetar um novo instrumento, combinando a kalimba e a guitarra acústica. A resultante, que Trevor denomina “Kalimbatar”, abriu novas possibilidades para a música instrumental solo. As composições inspiradas pelo aparecimento do instrumento foram concretizadas na gravação Entelechy, da Candyrat Records. Após o lançamento, em 2011, este álbum subiu rapidamente nos gráficos do iTunes Singer / Songwriter, bem como nas categorias Top Commented / Top Favorited / Most do YouTube, reunindo milhões de visualizações. Isso permitiu a Trevor começar a tocar regularmente nos EUA, Canadá, Inglaterra, País de Gales, Irlanda, Islândia, Itália, Holanda e muitos outros países.

Nos anos seguintes redesenhou e ajustou o Kalimbatar com a ajuda do mestre luthier Sheldon Schwartz, que utiliza no seu álbum Mind Heart Fingers, de 2014. Gravou com o seu novo instrumento nos Imaginary Road Studios, em VT, com Will Ackerman.

Constantemente trabalhando em novos sons e novas possibilidades, lançou o primeiro de uma série de EPs intitulado Kalimbatar Classics Vol. 1, em 2015, com arranjos de padrões de piano clássico para Kalimbatar. Passando para o mundo da música eletrónica, na sua versão de 2016, Late Night  with Headphones, Vol. 1, apresentou aos seus ouvintes novos sons, incorporando guitarra elétrica e texturas eletrónicas.